18 de mar de 2013

Correções evitadas

Outro dia estava lendo alguns posts antigos, quando ainda na minha recuperação mais aguda (me considero em recuperação até hoje, 1 ano e 8 meses depois dos AVCs).  E para meu incomodo, e minha surpresa, me deparei com uma série de erros de português, além de espaços "comidos" e espaços além do necessário.


Como uma boa libriana, meu primeiro impulso foi o de corrigi-los, mas decidi não fazer.  Quero deixar aqui registrado que esses "erros", se é que posso chamá-los assim, não são erros quaisquer.  São erros, que não percebi durante minha recuperação, que não consegui comtrolar a digitação por uma questão de estar naquela época me recuperando.  Hoje, em menor grau, mas continuo cometendo erros e não os corrigirei.

Quero deixar assim registrado, porque foi desse jeito que eu estava.  Não tenho vergonha.  Muita coisa mudou pra mim, e essa nova realidade existe, não vou tentar brigar com ela.  Quando brinco com meus amigos que estou "sequelada", é verdade.  Sequelada leve, mas ainda sequelada.


Então, se você se deparar com um erro descarado de português, releve.  Estou deixando errado de propósito.  Não quero ser confundida como uma propagadora de erros de português, mas como alguém que passa por certas dificuldades, que já passou por momentos piores e que sempre estará na busca de melhorar.  Afinal de contas, errar é humano, e, depois do AVC, é justificado!