19 de jan de 2016

Um encontro mais do que especial!!!

Pessoal,

Final de ano fui passar as minhas férias mais do que merecidas em Tamandaré/Carneiros - PE. Praias maravilhosas, diga-se de passagem! Valeu cada minuto!

Quando estava por lá, uma das minhas primeiras leitoras do blog, a Rochele, entrou em contato comigo. Ficamos de nos encontrar no aeroporto quando estivesse voltando para Brasília, já que eu não ficaria nem um dia em Recife.

Encontrar pessoalmente uma leitora do meu blog não é uma coisa que acontece todo dia.  Fiquei super feliz!  Parecia que já nos conhecíamos. Parecia não!!! Nos conhecemos há 4 anos, só trocando mensagens!



Marcamos numa cafeteria mesmo, assim poderíamos trocar umas palavras.  Como não contaria a história dela com muitos detalhes, pedi que fizesse um pequeno resumo para o blog.  Eis o resumo de Rochele:

"Eu tive um AVC em 2012, quase cheguei a morte cerebral, passei por duas cirurgias na cabeça, 3 dias em coma, respirando por aparelhos. Os médicos disseram que, se eu sobrevivesse, ficaria em estado vegetativo. Minhas chances eram mínimas. 
Passei algum tempo na cadeira de rodas. Meu lado comprometido é o esquerdo.
Em 2014 já retornei para Universidade e esse ano retomo o inglês. 
Depois de quase 4 anos de recuperação é que minha mão está começando a fazer algum movimento."

Acho importante frisar aqui que a recuperação dela, depois de 4 anos, continua a acontecer.  Sei que muitos me perguntam quando o movimento das mão irá voltar, e mais uma vez eu repito que a nossa recuperação é crânio-caudal, os seja, do centro do corpo para as extremidades. O importante é a gente não desistir. Imagino que depois de 4 anos muita gente já desanimaria, mas o caso dela mostra que ainda é possível a recuperação dos movimentos da mão.

Tenho certeza que esse ano de 2016 será o ano de luta da Rochele para recuperar mais os movimentos.  E com certeza ela chegará em 2017 com mais movimentos na sua mão.

Outra coisa legal de comentar é a sua autonomia.  Foi pro aeroporto sozinha, de ônibus.  E como ela mesma conta voltou a Universidade. Ela faz Engenharia Química! :)
E esse ano voltará a estudar inglês! É a vida voltando ao ritmo normal.  E quando chegamos a esse ponto, as melhoras vão acontecendo ainda mais! Cabeça pra Funcionar e Corpo a Movimentar é o que precisamos!

Continue perseverando, Rochele!!!  Fico feliz de tê-la inspirado um pouquinho nessa luta.
Tenho certeza que ainda nos encontraremos para celebrar mais uma vez! Parabéns!