9 de jun de 2013

Superação - sempre!

Desde bem do início de minha recuperação, sem ter conhecimento de minhas limitações ou não, defini bem claramente que iria ficar boa.

Sem movimentos, sem a fala estar boa, desde então tinha na minha cabeça que eu tinha que ficar boa.  Me lembro que até acontecer pra mim, um AVC era meio que uma caixa preta que não havia sido mexida.  Simplesmente, por não ter tido ninguém próximo a mim, ou mesmo meio distante, que tivesse passado por tal experiência. 

Acredito que tal ignorância minha por um lado foi positiva.  Não criei "muros" para a minha reabilitação.  Não procurava saber com que seqüelas quem já havia passado por isso tinha ficado.  Ao contrário, procurava sempre exemplos de recuperações exemplares.  Que levassem meses, ou mesmo anos, uma pessoa sem sequelas era no que eu focava minha recuperação.

Um dos primeiros "encontros" que tive com alguém vítima de um AVC, foi por um vídeo no Youtube, de Jill Taylor.  Já mencionei ela aqui no blog algumas vezes, mas volta e meia a imagem dela me vem à cabeça.  Estava vendo ali, em pé, frente a uma platéia, uma pessoa que tinha passado por aquilo que eu estava passando, e que, milagrosamente (agora, depois de toda minha reabilitação, sei que não é apenas uma questão de milagre, e sim de muita dedicação à reabilitação), estava ali, em pé, de frente para centenas de pessoas, não só com seus movimentos perfeitos, mas com uma fala desenrolada.  Isso me inspirou.  E muito!

Penso que posso definir meu ânimo pós-AVC antes da Jill (aJ), e depois da Jill (dJ).  Vi sim que uma recuperação plena era possível.  Mas que eu teria que correr muito atrás!  Nada de ficar deitada na cama, calada, esperando que minha fala e meus movimentos voltassem de uma hora pra outra.  Comprei o seu livro sobre a cura do cérebro e fui atrás da minha recuperação.

Sei que cada AVC é um AVC, mas temos que ter foco, sempre!  Estou normal, 100%, para a maioria das pessoas. Mas para mim, tenho ainda que corrigir algumas coisas.  E estou tentando ainda.  Longe de pensar que minha recuperação se deu por completa.  Ainda tenho muito a trilhar. 

No caso da Jill, foram, segundo ela, 8 anos de luta para ela estar bem.  Quem sou para achar que depois de praticamente 2 anos estaria bem?  Estou muito bem, obrigada!  Mas vou ainda correr atrás do prejuízo, e tentar minimizar a quase zero as seqüelas.


Minhas atuais seqüelas (quais???? - muitos amigos estarão me perguntando) são mínimas, mas existem.  Hoje rio da maior parte delas, mas é um riso com respeito, com reconhecimento da limitação, e o mais importante ainda, rio para me lembrar que dessas seqüelas ainda quero superar!

24 comentários:

  1. também procuro exemplos de recuperação plena, como você. também coloquei na cabeça que vou ficar boa me recuperar 100%.200%. Simone leão ramos.

    ResponderExcluir
  2. Olá, minha mae teve AVC há 15 dias e está internada ainda com sonda alimentar e paralisou uma parte do lado esquerdo dela, ela está dormindo muito e hj o medico disse que o lado que afetou ela corresponde ao lado que mantem ela acordada ou seja estou aflita pq minha mae mais parece que só quer dormir, está fazendo fisio e fono no hospital, alguém já teve esse quadro de querer só dormir? o médico disse que muita coisa vai depender da reação do organismo dela. Se alguém passou por isso por favor me escreva porque doi demais pra mim ver minha mãe assim, estão sendo os piores dias da minha vida.
    email: denise.stingel@terra.com.br

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo blog, inspirador...meu namorado teve um avc em outubro do ano passado..e está se recuperando ...mas é lenta...mas temos que confiar na nossa força e em Deus...

    Que Deus te abençõe...tudo de bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A recuperação é lenta, mas acontece.
      Boa sorte e força!

      Excluir
  4. Oi Adriana, tudo bem c vc? Andei lendo o seu blog e pensei que, talvez, vc possa me ajudar. Minha mãe teve um avc em dezembro do ano passado. Estamos procurando um bom fonaudiólogo para ela em Brasília...a evolução tem sido bastante lenta, apesar de saber que precisamos ter muita paciência. Se vc tiver algum para nos indicar, eu ficaria muito grata! Um forte abraço. Jaqueline (jaquelinejsc@gmail.com)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jaqueline!
      respondi para o seu email, ok?
      Melhoras pra sua mãe!

      Excluir
  5. Olá, minha mae teve AVC há 07 dias e está internada ainda com sonda alimentar e está entubada. Os médicos falam em tirar a entubação, mas ela está muito lenta. Também está dormindo muito, assim como a mãe da colega Denise acima. Alguém já teve esse quadro de querer só dormir? Os médicos estão falando que pode ser AVC no tronco cerebral. Hoje foi realizada uma nova tomografia para detecção do alcance do AVC.Também está sendo muito difícil ver minha mãe assim. Por favor, alguém pode escrever falando sobre isso? email: lisboa_marcio@yahoo.com

    ResponderExcluir
  6. Meu envie um email quando puder. Parabéns e sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leo, eu não tenho o seu e-mail

      Excluir
    2. Oi Adriana.
      meu email é leonardos.037@gmail.com gostaria de saber onde realizou o tratamento e quem são os médicos que te ajudaram? Desde já agradeço imensamente pela atenção.
      Deus a abençoe.

      Excluir
  7. Ola,bom dia minha teve um avc fazem 12 dias ,afetou a voz e o ladi direito dela ,os movimentos estao voltando a voz ainda nao.e ela nao consegue urinar sozinha e dorme muito.ela tem 82 anos e e diabetica.gostaria de saber algo sobre estes sintomas.obrigado.meu email:marciogremio@ig.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá boa noite, tenho uma amiga que teve um AVC de tronco cerebral há 5 meses e está em fase de reabilitação... Gostaria de indicação dos profissionais que te ajudaram nesse processo? Agradeço a atenção

    Email: expressar_fono@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neurologista, Fonoaudiólogo, Fisioterapeuta, Psicólogo
      acupuntura, terapia ocupacional
      Todo tipo de ajuda, eu testava

      Excluir
  9. OI ADRIANA!TIVE AVC HÁ QUASE DOIS ANOS,ESTOU ME REABILITANDO BEM,ALÉM DA FISIOTERAPIA,FAÇO PILATES DUAS VEZES POR SEMANA!ESTOU MUITO CONFIANTE,SE DEUS QUISER VOU ME RECUPERAR BEM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mell, tenho certeza que vai se recuperar sim! O estado de ânimo é tudo nesse processo!
      Boa recuperação sempre!

      Excluir
  10. Ola tudo adorei saber de sua experiência e gostaria mto de uma ajuda. Meu pai tem 68 anos e teve um AVC mas ele so dormi e esta na sonda pq ñ se alimenta as vezes parece q entende oq falamos e em outro momento parece q ñ sabe . Ainda esta no hospital e mesmo na hora da fisioterapia ñ acorda, sera que alguem ja passou por essa experiência por favor me ajudem. .Desde ja agradeço. Aguardo por uma resposta.
    fatima_konda@hotmail.com

    ResponderExcluir
  11. Ola tudo adorei saber de sua experiência e gostaria mto de uma ajuda. Meu pai tem 68 anos e teve um AVC mas ele so dormi e esta na sonda pq ñ se alimenta as vezes parece q entende oq falamos e em outro momento parece q ñ sabe . Ainda esta no hospital e mesmo na hora da fisioterapia ñ acorda, sera que alguem ja passou por essa experiência por favor me ajudem. .Desde ja agradeço. Aguardo por uma resposta.
    fatima_konda@hotmail.com

    ResponderExcluir
  12. Oi minha mãe sofreu um AVC perdeu totalmente a fala e os movimentos do lado direito já faz um ano e nada de melhora já perdi as esperança... Pode me ajudar indicando alguma fisioterapia diferente. Obrigada!!! rocha.nerilumayara@gmail.com

    ResponderExcluir
  13. tive avehá 10 meses,tenho me recuperado bem e lentamente,a perna já me ajuda,mas o braçonão voltou nada.isa

    ResponderExcluir
  14. tenho 40 anose dps do avc perdi todos os movimentos do lado esquerdo,a perna esta melhorando,mas o braço não da sinalé uma agonia.isa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isa, não desanime... Braço realmente é dificil...tenha paciência e permaneça na sua luta!

      Excluir