16 de jul de 2012

1 ano após AVCs

Ando meio sumida daqui. Já faz um tempinho que não tenho novidades maiores a contar.  Como passa rápido.

Essa semana completo 1 ano dos meus AVCs. Muita coisa aconteceu ao longo desse ano, nem sei o que falar.  Se eu não tivesse passado por tudo que passei, acho que não acreditaria!


 Cheguei onde queria chegar.  Zerada!  O meu objetivo dos 100% eu posso dizer que cumpri.  Não seria justo depois de tudo que passei falar que estou 97%, somente porque minha mão não está 100%.  Agora, os poucos dedos que faltam para eu fechar a minha mão completamente se recuperarão até o final do ano.

Acho que depois desse ano de luta árdua, muito suor na camisa e muita dedicação posso dizer que estou bem. Trabalho de um time que eu tiro o chapéu: fonoaudiólogas, fisioterapeutas, TO (terapeuta ocupacional) e, o mais importante, a minha determinação. 

Em nenhum momento eu me deixei vencer, por mais difícil que fossem coisas muito simples. Insisti até conseguir fazer as coisas do jeito que anteriormente eu fazia.  Sempre desafiando limites, mas nunca sendo irresponsável sem reconhecer obstáculos que iria ultrapassar.  Poderia não ser no dia que eu queria, mas iria conseguir!  SEMPRE! E assim eu fui ao longo desse ano.

Muitas horas de exercícios de fono e de fisio presenciais e não-presenciais. Contabilizando, mais de 500 horas.  

Isso sei que foi fundamental para a velocidade da minha recuperação. Me sinto, ao final desse período, uma grande vitoriosa. Consegui!  Venci! 

Acho que é importante frisar aqui que quem passou por um AVC não deve carregar esse status sempre. Sim, devemos lembrar de todos os ensinamentos que vivemos esse período, mas deixar de lado a "vitimização".

Já percebi que para o resto da minha recuperação, tenho que adotar uma postura de que tudo se encontra como antes.  Não viverei em função do que me aconteceu num determinado dia de minha vida.  Como dizem, "se a vida me deu limões, farei limonada". E assim sigo.

Acho que já deveríamos ter essa frase como um mantra desde o nascimento!

Vou postar no blog quando tiver informações relevantes para passar a vocês. Não me esquecerei de contar como foi o meu retorno ao DETRAN, que deve acontecer dentro de um mês. Quais as dificuldades ou não para conseguir minha carteira novamente, e assim voltar a dirigir.

Acho que esperei de certa forma ansiosa para essa data, mas estou no meio de tantas outras coisas que acabei por não me preparar para um post melhor! 

Apesar da ausência, fica aqui registrado que esse dia não passou em branco!

Um comentário:

  1. Dei, acompanho daqui sempre sua recuperação e fico mt feliz por vc a cada conquista! Parabéns por ser essa pessoa tão cheia de garra e um verdadeiro estimulo pra todos! Mil beijos, Dani Carrara

    ResponderExcluir