11 de nov de 2011

AVC II

Fiquei sabendo outro dia que o avc que tive foi dos piores tipos.  Mais uma vez, só tenho a agradecer pela minha recuperação!  O AVC que tive foi no tronco cerebral, quem sabe do que estou falando têm uma ligeira idéia o porque agradeço tanto!
No meu segundo AVC fiquei tetraplégica.Só mexia os olhos.Mas tudo é tão perfeito que não tenho consciência desses momentos.  Só me lembro quando o meu lado esquerdo começou a voltar, meio tímido, mas se fortalecendo constantemente!
Depois de quase um mês no hospital, voltei para casa! Morri de medo, mas fazer o quê?  Tive medo de sair do hospital, onde me monitoravam 24hs. Mas tudo deu certo!
A casa já estava toda adaptada, sem o blindex do chuveiro, sem a porta do meu quarto... Uma nova etapa, para minha recuperação, começava. 
Sei que cheguei do hospital ávida para colocar em prática a minha determinação! Que chegasse o momento da minha amiga fonoaudióloga "C' e da minha fisioterapeuta!

5 comentários:

  1. e bota determinação nisso!
    uma guerreira q não se deixou abater!
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Adriana,
    Como é bom saber da sua recuperação!!!
    Não sabia o que tinha acontecido a vc ate pouico tempo, e fiquei muito emocionada ao ler seus posts, não só por te-la conhecido numa epoca tão incrivel que é a adolescencia e num colegio tão grande como Santo Agostinho vc fazia parte do grupo que mais gostava e me identificava, junto com Andrea Marques e Nina, mas tambem por algumas coincidencias:
    Hoje voce mora numa cidade que sempre amei, acidade em que passei toda a minha infancia, e a outra coincidaencia e que voce sobreviveu a algoatingiu duas pessoas muito queridas e importantes , meu sogro , que infelizmente não teve tempo,e uma tia muito querida, que conseguiu se recuperar mas não completamente. . Voce realmente é uma guerreira e Deus te abençoe cada dia !
    Com certeza vc tem mais alguem que estara sempre acompanhando seus posts e torcendo por vc todos os dias !!!
    Bj grande e muito carinho.
    Andreia Sinhorelli

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns, Adriana! Eu não acredito... com vc eu posso crer realmente em uma pequena recuperação de minha mãe. Qdo vc diz que os movimentos voltaram meio tímidos, vc tinha consciência? Vc obedecia qdo as pessoas davam voz de comando para levantar ou abaixar o braço, por exemplo. A minha mãe "supostamente em coma de vigio" chora e levanta o braço esquerdo qdo algo deste lado a incomoda. Gostaria muito de conversar com vc sobre a sua luta. Estou nesta batalha também. FORÇA e FÉ! ... é o que eu falo para vc e para minha mãe. Meu e-mail: jugeoli@yahoo.com.br. Um abraço, Juliam Izabel

      Excluir
    2. Julia,
      Não, eu não tinha consciência dos movimentos voltando... Simplesmente de uma hora para outra eles resolviam responder ao meu comando, como num passe de mágica.
      Quanto ao comando de voz, eu obrdecia, mas os movimentos não! rsrsrsrs Sequer davam sinal de vida!
      estou torcendo aqui para sua mãe se recuperar... Vou lhe enviar um e-mail caso não receba esta resposta.

      Excluir
  3. Ola Adriana, me comovo lendo o teu post numa pesquisa na net. Meu cunhado com 48 anos teve uma AVC hemorrágico a 7 meses, ficou 3 meses em coma induzido, mais 2 no hospital e a 2 meses está em casa, de acordo com os laudos médico está tetraplégico, não fala, e não sabemos se tem consciência. /está a ser uma longa luta para ele, minha irmã e meus sobrinhos... com as sessões de fisioterapia e fono, nota-se alguma evolução ainda que muito pequena... gostaria muito de poder conversar contigo para tentar perceber melhor todo este processo e tentar ajudar a minha irmã e meu cunhado.. como podemos contatar contigo? deixo aqui o meu email: vania.verardi@gmail.com. Obrigada

    ResponderExcluir