19 de dez de 2011

Calendário

Outro dia minha amiga "C" me levou ao lançamento do calendário de uma instituição de Brasília que trabalha com portadores de Síndrome de Down.  Trata-se de uma iniciativa da minha fisioterapeta "N", que por caminhos da vida criou essa fantástica instituição!
O nome é Ápice Down... Desejo muito sucesso a eles!
Mas nessa oportunidade encontrei uma fisioterapeuta que ficou comigo por uns 20 dias, "P", mas que foi igualmente importante como "N" e "M"...
Lá ela disse que reparou em mim fazendo os movimentos com a mão comprometida.  Para quem não sabe, acha que esse movimento é normal, mas é feito milimetricamente pela minha cabeça (Quando eu digo que disfarço bem, eu disfarço bem).



Tudo com o intuito de parecer naturalmente "normal", mas com um esforço que em breve eu acho que será automático.   Será assim até recobrar a naturalidade dos movimentos.
Estava me lembrando que na penúltima, última campanha (não sei, esqueci mesmo) da presidência dos EUA, haviam pedido que o então candidato à presidência, Al Gore, segurasse sempre uma caneta em sua mão (ou direita, ou esquerda, sei lá) para disfarçar uma certo peoblema que tinha.
A minha estratégia tem sido essa (pronto, contei o segredo).  Manter a mão ocupada com o intuito de estimular sua atenção em algo!  Assim eu não me incomodo, nem deixo aparente às pessoas que não sabem o que tive.
Não, não é pro vergonha!  Mas sim eu acredito que estimular o uso da minha mão será muito útil depois.  Uma hora se tornará natural!
Mas como foi boa essa observação!  Sei que no fundo, no fundo, o esforço está sendo compensado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário